Educação para a Vida
16 agosto | 2019
Consentimento: como ensiná-los aos nossos filhos?
2 setembro | 2019

Seja um grande homem!!!

Responda-me uma coisa: O modelo que representava ser mulher ou homem  na década de 1950 é igual a hoje?

Rapidamente você vai me responder que não. O papel da mulher era cuidar dos filhos, da casa e atender ao marido, e o papel dos homens era ser provedor. E isto limitava tanto homens quanto mulheres. Para a mulher cabia o papel de casar, o casamento que traria a felicidade pra ela. Já aos homens, o papel de ser o “forte” e a desprivilegiada em relação ao contato com os filhos e as características de ser mais humano. Quando falamos deste assunto estamos falando de papel social de gênero, isto é, o que representa ser homem ou mulher num determinado período histórico e numa determinada cultura.

E tudo isto vem mudando. Hoje muitos homens já entenderam que ao participar das rotinas da casa e do cuidado com os filhos eles podem viver papéis que antes não podiam. E isto os torna mais empáticos e menos violentos. E em nenhum momento os tornam menos homens, mas sim, os tornam homens e pessoas melhores para suas famílias, para si mesmos e para o mundo.

E como precisamos disto! Mais leveza na forma de viver.

Quando nos damos o direito de refletir, estamos na verdade, desconstruindo ideias que nos aprisionaram durante anos, e construindo novas relações com homens que podem chorar, que podem ter momentos de pedir colo, que se relacionam melhor com seus filhos, que são mais companheiros de suas parcerias, enfim, que são mais humanos.

E se você me vier com a conversa de que isto é bobagem, eu vou te contar que homens morrem cinco vezes mais em situação de violência nas ruas e mulheres sofrem e morrem muito mais por violência dentro de casa. E aí, você ainda acha mesmo que é “mimimi”?

Repensar nossos papéis como homem e mulher na nossa sociedade é urgente! E, além disso, como estamos ensinando isto aos nossos filhos desde pequenos é mais urgente ainda, pois cada fala e atitude nossa os ensina como viver. E que tipo de homens você quer deixar para o mundo?

Deixe seu comentário e vamos falar no assunto!!

#movimentoeducandoparaavida

Movimente-se com  a gente!

Abraços e até a próxima

Lilian Macri