Desejo. E aí, como anda o teu?
29 julho | 2016

Você sabia que uma sexualidade bem vivida traz melhora da qualidade de nossas vidas? É isto mesmo! Pela Organização Mundial de Saúde, a sexualidade é um dos quatro pilares que são marcadores de nossa qualidade de vida, junto com o lazer, trabalho e o tempo com a família.

A saúde sexual deve ser parte integrante dos cuidados de todo indivíduo. É um campo de ação multidisciplinar integrando vários profissionais que podem atuar de diferentes formas, tratando os sofrimentos e as disfunções sexuais.

Mas o que é sexualidade? Sexualidade é um termo que engloba muito mais que somente o ato sexual. Ela se inicia no dia do nosso nascimento e termina quando morremos, evoluindo e amadurecendo conosco, nas diversas fases de nossas vidas.

Demonstra a forma como tocamos e somos tocados. Será que nos enxergamos de forma erótica? Como nos relacionamos com os outros e também conosco, do ponto de visto emocional e anatômico? Como querer conhecer o outro se não nos conhecemos? Se não nos permitirmos? Como exigir do outro que nos traga prazer, se não sabemos primeiramente, o que queremos? E esta é a grande questão: como nos permitirmos, se muitas vezes abolimos estes questionamentos de nossas vidas por questões culturais e morais? Se crescemos acreditando que sexualidade é um aspecto a parte de nossas vidas? E então, na hora da relação sexual, esperamos que num clique, algo aconteça de forma mágica, e que ereções penianas fantásticas e orgasmos, múltiplos de preferência, nos encham de prazer.

E este é o grande intuito destas nossas conversas: proporcionar conhecimento que nos faça pensar e nos repensar como um todo. Pois crescer e envelhecer é evoluir e se reinventar para viver da melhor forma possível, apesar das limitações que possam aparecer, sejam elas temporárias ou permanentes.

E o melhor momento pra iniciar este processo é o agora, pois sempre podemos nos reinventar, basta nos permitir.

Palavras-chave relacionadas : Sexualidade, qualidade de vida, saúde sexual, organização mundial de saúde, relação sexual, indivíduo, crescer e envelhecer.